A solitária verme demente

Durante anos é mostrados como viver uma vida em harmonia com o planeta, porém metade de um 1/4 da população entende como poderia usar esses ensinamentos.

a busca do eu nos outros

Depois de uns anos, é visto como são deixados de lado o seu querer, suas vontades e como deve agir, para agradar ou não bater de frente com alguém que compartilham a mesma casa, a mesma cama e a mesma vida. Mas vendo como uma experiência e condição a qual poderá demorar para talvez exergar que o fim é inevitável só é um adiantamento daquilo que se concretizará em um futuro nao muito distante.

Ver o post original

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.