São minhas às crises

Embora tenha fantasiado uma vida diferente, vivo infeliz em meu mundo que poucos conseguem entrar e permanecer
Todas as vezes que demonstro amor carinho por alguém é verdadeiro mas quando sinto que vou me decepcionar me afasto sem explica É minha defesa
Meu psicológico é um puta fudido quebrado de um passado sobrio e de negligência por partes dos meus progenitores Fisicamente estou bem e viva, minha luta é interna
O máximo que poderá acontecer é um distanciamento que já existe fisicamente
Como disse é só um desabafo de meus sentimentos
Para nao surtar, passando por uma barra sim,
Mas gostaria de soluções urgentes
Que será impossível nesse momento mas é isso aí
É sofrendo que se aprende, mesmo que eu sofra desde que nasci
Eu sei que já passei por situações piores mas sempre tive esses mesmos sentimentos.

Desabafos sofridos

O príncipe vira sapo, a princesa coruja, o trabalho dos sonhos martírio e estabilidade financeira ilusão. Enxergamos a vida da maneira que nos convém e quando abrimos os olhos enxergamos a verdadeira realidade, não ache impossível encontrar o amor mas não tenha ele como salvação de sua vida, quem define e realiza seus sonhos é você, viva para você e por você, os amigos nem sempre são amigos, as vezes querem saber como você está no intuído de saber se já está na lama e confirmar que acertou, você é vitorioso até aonde você decidiu chegar, nao deixe que os outros diga como administrar sua vida.

No começo, é tudo flores, todo dia tem mensagens bonitas, chamadas perdidas, um pedido de desculpas e uma conversa de amigos de anos, mas tudo passa, e só o que fica é saudade do que a gente ainda não viveu.

Seja você o administrador do seu cérebro

O cérebro está condicionado a aceitar a derrota, mas cabe a você mudar esse pensamento e mostrar para o mundo para que veio, para uns pode não parecer ser muita coisa, mas para outros, vale um milhão, não quer dizer que esteja totalmente certo, mas quer dizer que você pode melhorar a sua vida e não deixar pessoas pequenas de pensamentos pequenos comandar ou dar ordens, quando você administra seu cérebro ele recebe críticas destrutivas como um apoio para melhorar as habilidades e ser sucesso naquilo que desejar e ousar fazer.

Quero desejar menos, entregar menos, mas meu coração nao sabe escolher, ainda se põe a frente do império romano para te defender do mundo, que não te enxerga como te vejo, quero evitar entregar a ti a minha alma, mas sinto que já é tarde, pois meu coração mais uma vez me traiu e a ti decidiu proteger, e guardar no canto mais quente e de maior pulsação, ele também decidiu quem manda e mesmo eu afirmando não, ele já te aceitou e te transformou no rei de todo reino.

Queria eu poder beijar você, sentir sua pele encostar na minha, seu suor encontrar com meus poros desejosos, simplesmente desejando, o teu sentir, o teu tocar, e meu corpo com um simples toque domar e tomar para você, embebedar-me de você e assistir na mais pura sincronia o dançar dos corpos e o entregar das almas em um so ato e entrega.

Vivo em constante mudança, passando por grandes desafios e batalhas internas, que poucos sabem mas que não me entendem como isso é possível, já que sou extrovertida, consigo arrancar sorrisos, como isso é possível, bem isso acontece por eu ter tido um passado cruel, que me fez ser adulta e dura, para me preparar para um futuro que também é cruel e nao alisa só bate, então por vezes tive que esconder a tristeza e sorrir para que ninguém tentasse se aproveitar daquele momento de fragilidade, e eu ainda me pergunto, por que negligênciam uma infância? Eu mesmo tenho a resposta vendo que isso aconteceu pela fragilidade do momento e incapacidade de abadonar velhos hábitos e não se importar com o poderia e ainda pode acontecer, no meu vê não se justifica abandono, nada justifica.

Você vive anos com alguém, e esse alguém se torna um estranho, depois começam a tropeçar de vez em quando na mesma casa, dividem a mesma cama, e por fim acordam juntos, sem lembrar a última vez que juraram amor, em uma noite fria e estrelada. Afinal ninguém lembrou de admirar, nós estavamos ocupados e mesmo com tempo de sobra, ainda sim, não admiramos o brilhoso espetáculo estrelar nós céus.